Para muitos casais que estão se preparando para o grande dia, definir os convidados da celebração é o momento mais temido. Afinal, como fazer a lista de convidados do casamento conseguindo adequá-la ao orçamento e sem deixar ninguém importante de fora?

Apesar de a tarefa ser complicada, é possível seguir alguns critérios para chegar a uma lista ideal. Para garantir menos dor de cabeça nessa árdua missão, confira o passo a passo que preparamos para ajudar!

Defina o número de convidados

Definir um número de convidados deve ser o pontapé inicial na hora de elaborar a lista. Isso deve ser feito pensando no tamanho do casamento (se será uma cerimônia maior ou mais íntima) e, caso já tenha escolhido o local e buffet, nos números estipulados nos serviços.

Caso seus pais (ou os pais do seu futuro marido) estejam ajudando na organização e façam questão de terem alguns convidados, esse também é um bom momento para já definir um número máximo. Mas lembre-se de conversar com eles sobre esse número ser o menor possível, ok? Não esqueçam que esse é o momento dos noivinhos! 

Liste convidados indispensáveis

Comece montando uma lista específica nomeando aquelas pessoas que não podem faltar de jeito nenhum. Familiares próximos, padrinhos, madrinhas, amigos íntimos. Isso fará com que você e seu amor já tenham uma noção de números e se podem ou não ter uma abertura maior para os próximos convidados. Se não puderem, o olhar já ficará mais criterioso a partir daí.

Faça uma relação com os demais nomes

Em uma lista separada, faça uma relação de todas as pessoas que sobraram, mas que também gostariam de convidar. Dessa vez, vale colocar todo mundo para não correr o risco de esquecer alguém. Pense nos parentes mais afastados, naqueles amigos que não vê com frequência, nos colegas de trabalho. Quanto mais completa, melhor! 

Terminada a lista, some os convidados descritos nela com os daquela outra, onde estão as pessoas indispensáveis, e veja em quanto o limite foi ultrapassado.

Estabeleça critérios para corte

Não tem como fazer a lista de convidados do casamento sem cortes. Essa é a parte difícil, mas necessária para garantir a companhia das pessoas que realmente são especiais na história de vocês como casal. Além do mais, quanto mais convidados, maior o gasto e, às vezes, o grande número não é necessário.

Para enxugar aquela segunda lista feita, a mais genérica, alguns fatores podem ser levados em conta:

Questione-se sobre a proximidade dos amigos

Dos amigos, quais são aqueles que vocês não veem a muito tempo (experimente estipular um período de um ano ou dois)? Quais são aqueles que não acompanharam a relação do casal ou nem mesmo chegaram a conhecer seu parceiro? Quais são aqueles de infância que já não têm um convívio tão direto? Talvez eles não precisem estar presentes no casamento.

Analise colegas de trabalho e parentes distantes

Seus colegas de serviço também são amigos fora do ambiente de trabalho? Se não, prefira cortá-los da lista. Se existem alguns que são amigos e outros que não, não tenha medo de convidar apenas os mais próximos. Mas, aí vai uma dica: é bom evitar ficar falando sobre o casamento no trabalho para não gerar aquela ideia de que todos serão convidados.

Leve em conta o fator proximidade também com os parentes. Não importa que vocês tenham o mesmo sangue, se a pessoa não tem contato direto ou vocês não possuem intimidade, não sinta-se na obrigação de incluí-la. Afinal, o dia é de vocês e merece ser curtido com pessoas realmente especiais!

Como um aspecto geral, a melhor forma de saber como fazer a lista de convidados do casamento é avaliando a importância do convidado na vida do casal. Dessa forma, as chances de você acertar sem estresse serão muito maiores.

Gostou das dicas e quer ajudar outros casais a lidarem com a temida lista de convidados? Compartilhe o artigo nas redes sociais!

Powered by Rock Convert